Qual a cobertura de seguro de viagem na pandemia?


Pretende viajar e ainda está receoso quanto aos processos e segurança que são fornecidas pelas empresas para os passageiros? O seguro viagem, mesmo em tempos de pandemia, pode estabelecer algumas garantias e moldar-se às suas necessidades e desejos.

Desde o início da quarentena, distanciamento social e aparecimento do Coronavírus, muitas fronteiras entre países foram fechadas e, mesmo com algumas possibilidades, uma grande parcela dos turistas e viajantes solicitou cancelamentos e reagendamentos de seus passeios pela insegurança causada pela pandemia. Assim, é comum procurar métodos que possam fornecer certo conforto para aqueles que querem ou necessitam deslocar-se.

Para aqueles que estão planejando suas viagens, além de observar dicas para usar o airbnb, uma medida que pode ser considerada mais segura, escolher o destino correto, criar todo o roteiro, também é importante atentar-se à aquisição de um seguro de viagem.

O que é seguro de viagem e qual sua importância?

O seguro viagem é um serviço que garante que acidentes ou incidentes sejam pagos ao cliente ou que haja a prestação de assistência de acordo com o problema que for encontrado pelo passageiro, isso tanto no momento do deslocamento, quanto na permanência do turista no local.

É importante ter seguro de viagem para precaver-se de alguns problemas e incidentes que podem ocorrer durante o deslocamento e permanência no local de destino. Por meio desse serviço, o passageiro garante que sua bagagem, se extraviada, possa ser compensada, além de também fornecer alguns acessos à hospitais e médicos por auxílio à qualquer emergência, por exemplo.

As apólices de seguro de viagem variam de acordo com cada empresa, assim é ideal sempre realizar a leitura atenta para verificar a cobertura completa desse serviço fornecido ao cliente, garantindo maior conforto durante seus dias de lazer ou trabalho em outro local.

O seguro de viagem cobre Coronavírus?

Em tempos de pandemia, muitos passageiros questionam-se sobre a eficácia e validade de um seguro de viagem em relação ao Coronavírus.

É importante destacar que a OMS (Organização Mundial da Saúde), é o órgão responsável por denominar a situação de uma doença e sua disseminação. Em casos de epidemia, com uma concentração local para a disseminação de um vírus, o seguro de viagem não é obrigado a realizar a cobertura deste fator, porém considerado como pandemia, visando que o risco está em todos os países, não haverá a cobertura para esse tipo de ocorrência.

A exclusão de epidemia ou pandemia das regras de um seguro de viagem dá-se pelo fator que a empresa não poderá responsabilizar-se por um problema de saúde que está afetando todo o mundo, sem a concessão de reembolsos ou indenizações que podem ser solicitadas pelo cliente que sofra algum tipo de problema de saúde relacionado à doença.

Por meio dessas regras, entende-se que as empresas responsáveis pela concessão de seguro de viagem não são obrigadas a prestar serviços para turistas que apresentem complicações pelo Coronavírus. 

Algumas marcas, porém, abriram exceções para realizar o atendimento e promover maior conforto e garantia à saúde de seus passageiros, com apólices que foram modificadas e já incluem o atendimento hospitalar e cuidados necessários para pessoas que apresentarem os sintomas do Covid.

Sempre busque informar-se do seguro de viagem que está sendo contratando, lendo a apólice destacada pela seguradora e garantindo a melhor opção para a sua saúde e conforto durante a viagem.