Como identificar e prevenir problemas com a bateria automotiva


Você tem tido problemas com a bateria do seu veículo? Clique aqui e saiba como identificar e prevenir problemas com a bateria automotiva

Os veículos, sejam eles carros ou motos possuem diversos componentes mecânicos e elétricos, mesmo se bem cuidados estão suscetíveis a falhas e outros tipos de imprevistos, o mesmo ocorre com as baterias automotivas.

Problemas com a bateria do carro são muito comuns e podem ocorrer em momentos e lugares indesejados.

Na maioria das vezes, quando a bateria do carro descarrega, o comum é que as pessoas tentem incessantemente dar partida no carro, sugando o restinho de energia que ela possui.

Você sabe o que fazer nesse caso? Leia esse artigo e fique por dentro!

Identificando o problema

A primeira coisa a se fazer é identificar a causa do problema, pode ser a própria bateria, pode ser o alternador ou até mesmo o cabo que liga a bateria ao veículo.

A maioria dos carros possuem no painel um indicador de defeito na bateria, lembrando que também pode ser um problema de oxidação dos cabos.

A luz de bateria no painel pode indicar:

  • Problemas com a bateria;
  • Pane elétrica;
  • Problemas com os cabos da bateria.

Vale ressaltar que problemas com a bateria do veículo podem começar no alternador. A função do alternador é carregar a bateria enquanto o carro está funcionando.

Tenha profissionais de confiança

É sempre bom ter um mecânico de confiança para aconselhar e auxiliar quando esse tipo de problema ocorre. Evite fazer improvisos ou procedimentos para resolver o problema de forma rápida.

O aconselhável é que o problema seja sanado de uma vez por todas, evitando imprevistos futuros.

Fazer o carro pegar no tranco estraga o veículo?

O procedimento conhecido como ‘pegar no tranco’ precisa de ao menos duas pessoas, enquanto uma empurra o carro a outra vira a chave e acelera, fazendo com que o veículo pegue.

Carros que possuem injeção eletrônica podem estragar os bicos da injeção com esse procedimento, portanto não é aconselhável. O mesmo vale para carros híbridos e elétricos.

Além disso, ao forçar o veículo, a tensão colocada sobre a correia dentada é exagerada, o que pode fazer com que ela se rompa, danificando o motor.

Substituição da bateria do carro ou recarga?

As pessoas mais cautelosas costumam substituir a bateria descarregada, mas você sabia que uma bateria recarregada pode durar até dois anos? Além do mais, a recarga da bateria custa 5x menos do que uma bateria nova.

Recargas frequentes na bateria

Quando o carro fica parado durante longos períodos, a bateria geralmente descarrega. Isso por que o que mantém a bateria sempre carregada é o alternador, quando o motor está ligado e em rotação.

Nesse caso, é aconselhável que o carro seja ligado ao menos uma vez por dia, para manter a bateria carregada constantemente.

Outra recomendação é que, caso a bateria descarregue, a mesma não seja recarregada mais de uma vez, isso por que uma vez descarregada, os níveis de energia totais diminuem, fazendo com que a cada recarga a bateria dure menos.

Melhor bateria para carro e moto

Não existe um estudo eficaz que comprove que uma bateria seja melhor do que a outra, mas sem dúvidas temos algumas preferidas, são elas: bateria Moura, bateria Heliar e bateria Tudor.

Gostou do artigo? Compartilhe nas redes sociais! Em breve teremos mais artigos como esse, fique ligado.